Tudo Sobre A Jornada Navegando com mapa em um campo aberto - Tudo Sobre A Jornada Banner

Em Defesa de Cristo


Em Defesa de Cristo
OK, se sou um advogado e estou avaliando a defesa de Cristo através de óculos jurídicos, o que ainda está em falta? Alguma coisa...? Certamente outras mentes analíticas e jurídicas têm avaliado a prova em “defesa de Cristo”...

Mais uma vez, eu estava realmente impressionado ao descobrir que grandes mentes jurídicas já tinham feito isso...

Aprenda um pouco sobre as seguintes pessoas...

Simon Greenleaf (1783-1853) foi um dos fundadores da Escola de Direito de Harvard. Ele foi o autor do texto autoritário em três volumes, A Treatise on the Law of Evidence (1842), que ainda é considerado “a maior autoridade individual em evidência em toda a literatura de procedimento legal”. 1 Greenleaf literalmente escreveu as regras de evidência para o sistema jurídico americano. Ele certamente era um homem que sabia como pesar os fatos. Ele era ateu até que aceitou um desafio de seus alunos para investigar o caso da ressurreição de Cristo. Após pessoalmente recolher e analisar as provas com base nas regras evidenciais que ele mesmo ajudou a criar, Greenleaf se tornou um Cristão e escreveu o clássico Testimony of the Evangelists.

    Que o testemunho [do Evangelho] seja examinado minuciosamente, como se tivesse sido apresentando em um tribunal de justiça do lado da parte adversa, com a testemunha sendo submetida a um rigoroso interrogatório. O resultado, acredita-se confiantemente, será uma convicção que não deixa dúvidas de sua integridade, habilidade e verdade.2
Sr. Lionel Luckhoo (1914-1997) é considerado um dos maiores advogados da história britânica. Ele está registrado no Guinness Book of World Records como o “advogado mais bem sucedido do mundo”, com 245 absolvições consecutivas de assassinato. Ele foi nomeado cavaleiro pela rainha Elizabeth II -- duas vezes. Luckhoo declarou:
    Eu humildemente acrescento que passei mais de 42 anos como advogado de defesa aparecendo em muitas partes do mundo e ainda estou muito ativo nesse ramo. Tenho tido a sorte de conseguir um número de sucessos em julgamentos e digo, inequivocamente, que a prova da ressurreição de Jesus Cristo é tão avassaladora que obriga a sua aceitação sem deixar nenhum espaço para dúvidas.3
Lee Strobel era um jornalista do Chicago Tribune, graduado na Universidade de Yale e ganhador de prêmios. Como um ateu, ele decidiu elaborar pelo peso da evidência um caso legal contra Jesus Cristo e provar que ele era uma fraude. Como Editor Jurídico da Tribuna, a especialidade de Strobel era a análise tribunalística. Para fazer o seu caso contra Cristo, Strobel interrogou várias autoridades Cristãs, especialistas reconhecidos em seus próprios campos de estudo (incluindo PhD em centros acadêmicos de prestígio, tais como Cambridge, Princeton e Brandeis). Ele realizou o exame sem nenhum preconceito religioso além de sua predisposição para o ateísmo.

Surpreendentemente, depois de compilar e analisar criticamente as provas por si mesmo, Strobel se tornou um Cristão. Impressionado por suas descobertas, ele organizou a prova em um livro intitulado Em Defesa de Cristo, obra que ganhou o Prêmio Gold Medallion Book por excelência. Strobel pede uma coisa de cada leitor - permaneça imparcial em sua análise das provas. No final, julgue-as por si mesmo, atuando como o único jurado no caso de Cristo... 4

Como o “único jurado”, sentei-me quietamente na minha cadeira ...

Como os jurados costumam fazer na sala do júri, eu pedi para voltar novamente a uma evidência provocante...

Continue o seu exame agora!

1 Knott, The Dictionary of American Biography, contracapa de The Testimony of the Evangelists.
2 Simon Greenleaf, The Testimony of the Evangelists: The Gospels Examined by the Rules of Evidence, Kregel Classics, 1995, contracapa.
3 Sir Lionel Luckhoo, The Question Answered: Did Jesus Rise from the Dead? Luckhoo Booklets, contracapa. http://www.hawaiichristiansonline.com/sir_lionel.html.
4 Lee Strobel, The Case For Christ, Grand Rapids: Zondervan, 1998, 18.



How can I know God




When you die, why should God let you into heaven?


Direito Autoral © 2002-2019 AllAboutTheJourney.org, Todos os Direitos Reservados