Problemas com o Registro Fóssil

Problemas com o Registro Fóssil

 
Você está aqui: A Jornada >> Problemas com o Registro Fóssil

Problemas com o registro fóssil – O que os cientistas estão dizendo?
O autor Luther Sunderland viu os problemas com o registro fóssil e por isso decidiu obter uma resposta definitiva diretamente dos maiores museus. Sunderland entrevistou cinco funcionários bastante respeitados, autoridades notórias em seus campos de estudo individual, incluindo representantes do Museu Americano, o Museu de História Natural em Chicago e o Museu Britânico de História Natural. Nenhum dos cinco funcionários foi capaz de oferecer um só exemplo de um organismo fossilizado em transição que documente a transformação de um tipo de planta ou animal a outro. 1

O Museu Britânico de História Natural tem orgulho de possuir a maior coleção de fósseis no mundo. Entre os cinco funcionários respeitados do museu, Sunderland entrevistou o Dr. Colin Patterson, Paleontólogo Chefe do Museu Britânico e editor de uma prestigiosa revista científica. Patterson é um especialista conhecido por ter um profundo conhecimento do registro fóssil. Ele foi incapaz de dar um único exemplo de transição macroevolutiva. Na verdade, Patterson escreveu um livro para o Museu Britânico de História Natural intitulado "Evolução". Ao ser perguntado por que ele não tinha incluído uma única fotografia de um fóssil de transição em seu livro, Patterson respondeu:

    ... Concordo plenamente com seus comentários sobre a falta de ilustração direta de transições evolucionárias em meu livro. Se eu estivesse ciente de qualquer exemplo, seja esse fóssil ou ainda vivo, eu certamente o teria incluído. Você sugere que um artista deve ser usado para visualizar tais transformações, mas de onde ele receberia essas informações? Eu não poderia, honestamente, fornecê-la, e se eu fosse deixá-la à licença artística, isso não enganaria o leitor? Eu escrevi o texto do meu livro há quatro anos. Se eu fosse escrevê-lo agora, acho que o livro seria um pouco diferente. O Gradualismo é um conceito em que eu acredito, não apenas por causa da autoridade de Darwin, mas porque o meu entendimento da genética parece exigi-lo. No entanto, é difícil contradizer Gould e o povo do Museu Americano quando dizem que não há fósseis de transição. Como um paleontólogo, estou muito ocupado com os problemas filosóficos da identificação de formas ancestrais no registro fóssil. Você diz que eu deveria pelo menos "mostrar uma foto do fóssil do qual cada tipo de organismo foi derivado." Vou ser bem franco – um fóssil com o qual alguém poderia fazer um argumento inequívoco não existe. 2
OK, eu só queria concluir esse ciclo. Em minha pesquisa, eu não encontrei nenhum fóssil de transição. Portanto, com base nas palavras do próprio Darwin, sua teoria original de progressão macro-evolutiva não aconteceu. A paleontologia ainda era uma disciplina científica bastante nova em meados de 1800, e agora, cerca de 150 anos mais tarde, sabemos que o registro fóssil não fornece o suporte necessário exigido pelo próprio Darwin.

David B. Kitts PhD (Zoologia) é curador-chefe do Departamento de Geologia do Museu Stoval. Em um jornal de comércio evolutivo, ele escreveu:

Apesar da brilhante promessa de que a paleontologia proporciona um meio de "ver" a evolução, ela tem apresentado algumas dificuldades desagradáveis aos evolucionistas, a mais conhecida das quais é a presença de "lacunas" no registro fóssil. A evolução requer formas intermediárias entre as espécies e a paleontologia não as fornece … 3 N. Heribert Nilsson, um famoso botânico, evolucionista e professor da Universidade de Lund, na Suécia, continua:

Minhas tentativas de demonstrar a evolução através de um experimento executado ao longo de mais de 40 anos falhou completamente ... O material fóssil é agora tão completo que tem sido possível construir novas classes e a falta de séries de transição não pode ser explicada como sendo devido à escassez de material. As deficiências são reais e nunca serão preenchidas. 4 Até mesmo a imprensa popular está compreendendo. Encontre a seguir um excerto de um artigo na revista Newsweek:

O elo perdido entre o homem e os macacos, cuja ausência tem confortado fundamentalistas religiosos desde os dias de Darwin, é simplesmente a mais glamorosa de toda uma hierarquia de criaturas fantasmas ... O mais que os cientistas têm procurado por essas formas de transição entre as espécies, os mais frustrados se encontram. 5

Próxima página!

1 Colin Patterson, comunicação pessoal. Luther Sunderland, Darwin's Enigma: Fossils and Other Problems, quarta edição, 1988, 88-90.
2 Ibid.
3 Evolution, vol. 28, 467.
4 Nilsson sendo citado em The Earth Before Man, p. 51.
5 "Is Man a Subtle Accident", Newsweek, 3 de novembro, 1980.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Perspectivas Científicas de Enxergar o Mundo

Evolução e o Registro Fóssil
Evidência do Design Inteligente
Origem da Vida
Charles Darwin
Registro Fóssil
Teoria da Evolução
Filosofia da Vida
Origem do Universo
Milagre da Vida
Conteúdo adicional ...

Perspectivas Filosóficas de Enxergar o Mundo
O que a Bíblia declara ser verdade?
Teísmo
Fundadores dos Sistemas de Crenças
Religiões Mundiais
Descubra a verdade
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Problemas com o Registro Fóssil to My Google!
Add Problemas com o Registro Fóssil to My Yahoo!
XML Feed: Problemas com o Registro Fóssil
A Jornada Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutTheJourney.org, Todos os direitos reservados.