Arqueologia de Israel

Arqueologia de Israel

 
Você está aqui: A Jornada >> Arqueologia de Israel

Arqueologia de Israel
Vamos começar o nosso estudo da arqueologia de Israel com a "Estela de Merneptah" (também conhecida como a Estela de Israel). Ela é uma pedra de laje vertical medindo mais de dois metros de altura, esculpida com hieróglifos que datam de aproximadamente 1230 AC. Este monumento egípcio descreve as conquistas militares do faraó Merneptah e inclui a primeira menção de "Israel" fora da Bíblia. Embora as específicas batalhas abrangidas pela estela não sejam mencionadas na Bíblia, a estela estabelece prova extra-bíblica de que os israelitas já estavam vivendo como um povo no Canaã antigo cerca de 1230 AC.1 Além das Estelas, uma grande imagem de parede foi descoberta no grande Templo de Karnak de Luxor (antiga Tebas), a qual mostra cenas de batalha entre os egípcios e israelitas. Essas cenas também foram atribuídas ao faraó Merneptah e datam de cerca de 1209 AC.2 O Templo de Karnak também contém registros de vitórias militares do Faraó Sisaque de cerca de 280 anos depois. Especificamente, o Alívio de Sisaque (Shishak Relief) retrata a vitória do Egito sobre o rei Roboão em cerca de 925 AC, quando o Templo de Salomão em Judá foi saqueado.3 Este é o exato evento mencionado claramente em dois livros do Antigo Testamento.4

Fora do Egito, descobrimos também uma riqueza de evidências dos israelitas primitivos. A Pedra Moabita (Estela de Mesa) é um laje de pedra de mais ou menos um metro descoberto perto de Dibom, a leste do Mar Morto, que descreve o reinado de Mesa, rei de Moabe, em torno de 850 AC.5 De acordo com o livro de Gênesis, os moabitas eram vizinhos dos israelitas. 6 A estela abrange vitórias pelos reis Onri e Acabe de Israel contra os moabitas, assim como futuras vitórias de Mesa a favor de Moabe contra os descendentes do rei Acabe. 7 O Obelisco Negro de Shalmaneser é um pilar de pedra negra de mais de dois metros, com quatro lados, que descreve as vitórias do rei Shalmaneser III da Assíria, incluindo derrotas de Tiro, Sidom e "Jeú, filho de Onri". Com a sua data de cerca de 841 AC, o Obelisco (atualmente no Museu Britânico) foi descoberto no antigo palácio de Ninrode e mostra Jeú, rei de Israel, ajoelhado diante do rei assírio em uma humilde homenagem (conforme 2 Reis 9-10).8

OK, tudo o que eu tinha encontrado estabelecia que os israelitas primitivos de fato existiram. No entanto, há uma grande diferença entre generalidades históricas e pessoas e acontecimentos específicos mencionados na Bíblia. Por exemplo, o rei Davi e seu filho, Salomão, são grandes partes da história judaica no Antigo Testamento. Não deveríamos encontrar algo na arqueologia de Israel que sustente o seu reinado e atividades também?

Em um dos livros que peguei, fiquei surpreso ao ler que o Davi histórico nunca tinha existido. Outro artigo que li mencionou o bem estabelecido "Mito de Davi" -- uma invenção literária extraída da tradição heroica para estabelecer a monarquia judaica ...

Kathleen Kenyon, uma arqueóloga muito credível em quem eu cheguei a confiar e gostar, declarou:

    Para muitas pessoas parece estranho que Davi e Salomão ainda permanecem desconhecidos fora do Antigo Testamento ou de fontes literárias dele diretamente derivadas. Nenhuma inscrição extra-bíblica, ou da Palestina ou de um país vizinho, tem sido achada que contenha uma só referência a eles.9
Bem, não acho que temos que encontrar evidências arqueológicas para cada pessoa e lugar mencionado na Bíblia, mas Davi era muito importante para mim. Descobri que ele é mencionado 1.048 vezes na Bíblia -- o sujeito de 62 capítulos e escritor de provavelmente 73 salmos do Antigo Testamento. Nossa, eu realmente queria achar alguma evidência da sua existência ...

Sabe o quê? Desde que Kenyon fez a declaração acima em mais ou menos 1987, a validade do registro bíblico antigo sobre o Rei Davi tem crescido grandemente!

Em 1993, os arqueólogos descobriram uma inscrição de pedra na antiga cidade de Dã que se refere à "Casa de Davi". A Inscrição da Casa de Davi (Inscrição de Tel Dan) é a primeira referência ao antigo rei Davi fora da Bíblia.10 Especificamente, essa pedra é um pilar de vitória de um rei em Damasco, datado de cerca de 250 anos após o reinado de Davi, que menciona um "rei de Israel da Casa de Davi". Nos meses a seguir, mais pedaços de inscrição foram descobertos no local, permitindo que os arqueologistas reconstruíssem por completo a seguinte declaração: “Eu matei Jorão, filho de Acabe, rei de Israel, e eu matei Acazias, filho de Jeorão, rei da Casa de Davi”. Surpreendentemente, estes são os líderes judeus ligados à linhagem de Davi, conforme registrado na Bíblia.11

A arqueologia de Israel revelou-se poderosa!

Leia mais agora!

1 Price, The Stones Cry Out, 145-146. Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 228-229.
2 Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 230.
3 Ibid., 301-302.
4 1 Reis 14 e 2 Crônicas 12.
5 Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 308-310.
6 Gênesis 19.
7 2 Reis 3.
8 Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 321-22. Veja também: 2 Reis 9-10.
9 Kathleen Kenyon, The Bible and Recent Archaeology, edição atualizada, Editora John Knox, 1987, 85.
10 Price, The Stones Cry Out, 166-67.
11 Ibid. 167-72.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


A Bíblia é a verdade?

Arqueologia Bíblica
Evangelho de Lucas
Profecias Bíblicas Cumpridas
História de Israel
O Poder da Profecia
História da Bíblia
Antiga Israel
Profecia Bíblica
Arqueologia do Novo Testamento
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Arqueologia de Israel to My Google!
Add Arqueologia de Israel to My Yahoo!
XML Feed: Arqueologia de Israel
A Jornada Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutTheJourney.org, Todos os direitos reservados.