Antiga Mesopotâmia

Antiga Mesopotâmia

 
Você está aqui: A Jornada >> Antiga Mesopotâmia

Antiga Mesopotâmia
Então, o que a arqueologia tem revelado sobre a Antiga Mesopotâmia?

Já que eu estava sempre tentando conciliar mapas antigos com os mapas de hoje, eu decidi começar com um estudo das evidências arqueológicas das cidades e civilizações mais antigas mencionadas na Bíblia. Quais as evidências para as primeiras cidades de Abraão e dos patriarcas? Será que realmente existiram? O lar ancestral de Abraão, Ur, é apresentado como uma poderosa cidade-estado no sul da Mesopotâmia e é mencionado quatro vezes no Antigo Testamento. Bem, na verdade, "Ur" é situada no atual Iraque. Dependendo do conflito na região, ela tem sido inconsistentemente escavada durante o último século, expondo uma variedade de informações sobre a cultura pagã da época de Abraão. No Livro de Gênesis, o pai de Abraão, Terá, mudou-se com sua família para o norte, até "Harã".1 Esta antiga cidade foi descoberta e escavada na Turquia moderna. Também encontradas na mesma área da Turquia foram aldeias que ainda têm os nomes do avô e bisavô de Abraão, Naor e Serugue.2

Até hoje, inúmeros locais e artefatos têm sido descobertos que revelam muito sobre a cultura da Antiga Mesopotâmia. Um dos achados mais dramáticos é a "Lista de Reis Sumérios", o qual remonta a aproximadamente 2100 AC. Esta coleção de tabuletas e prismas de argila é mais emocionante porque divide os reis sumérios em duas categorias: os que reinaram antes do "grande dilúvio" e aqueles que reinaram depois.3 Na verdade, registros de um dilúvio global são encontrados por grande parte das culturas mais antigas. Por exemplo, o "Épico de Gilgamesh" dos antigos babilônios contém uma extensa história do dilúvio. Descoberto em tabuletas de argila em locais como Nínive e Megido, o Épico inclui ainda um homem que construiu um grande barco, encheu-o com animais e utilizou aves para ver se as águas tinham baixado.4

A arqueologia desse último século também tem trazido à tona informações sobre as grandes civilizações militares da Antiga Mesopotâmia e o seu impacto final sobre o direito e a cultura em toda a região. Um achado significativo é a "Lei do Código de Hamurabi", uma escultura de mais de dois metros de altura, formada de diorito preto, com cerca de 300 leis do rei da Babilônia Hamurabi (Hamurabi). Com a data de cerca de 1750 AC, o Código de Direito contém muitas leis civis que são semelhantes às encontradas nos primeiros cinco livros da Bíblia. Uma outra escavação na antiga cidade de "Nuzi", perto do rio Tigre, descobriu cerca de 20 mil tabletes de argila. Com datas entre 1500 e 1400 AC, esses textos cuneiformes explicam a cultura, os costumes e as leis do tempo, muitos dos quais são semelhantes àquelas encontradas nos livros iniciais da Bíblia.5

No que diz respeito aos grandes impérios antigos, a civilização hitita é mencionada em todo o Antigo Testamento como reinando sobre a área da atual Turquia, Síria e Líbano, mas nada se sabia sobre esse povo fora do que a Bíblia dizia. Cerca de 100 anos atrás, a antiga "Boghazkoy" foi descoberta a leste de Ancara, na Turquia, revelando-se como a capital expansiva do "Império Hitita". Desde então, os arqueólogos têm descoberto uma riqueza de informações sobre a história, língua e cultura de um povo considerado "imaginário" por muitos estudiosos até o século XX.6

A Bíblia nos diz muito sobre Nabucodonosor e o Império Babilônico, o qual destruiu Jerusalém em 586 AC e exilou os judeus para a Babilônia por 70 anos. Bem, a antiga Babilônia tem sido descoberta, ocupando cerca de 3.000 hectares cerca de 90 quilômetros ao sul da atual Bagdá, Iraque. As ruínas incluem as famosas estruturas ziggurat, o Palácio do rei Nabucodonosor e as enormes muralhas que tinham cerca de 24 metros de espessura (largas o suficiente para permitir que uma carruagem de quatro cavalos fizesse uma volta completa em cima da parede).7

Os filisteus eram conhecidos como um dos "Povos do Mar" que sempre combateram os israelitas pelo controle da Canaã primitiva. Mencionados mais de 200 vezes no Antigo Testamento, os filisteus tinham um grande porto fortificado em Ascalão, no Mar Mediterrâneo, o qual foi descoberto ao norte da atual Faixa de Gaza. Nabucodonosor destruiu Ascalão em 604 AC, assim como predito por Jeremias e outros profetas do Antigo Testamento.8

Fiquei realmente impressionado com o meu estudo da antiga Mesopotâmia! Pode me chamar de totalmente ingênuo, mas eu não tinha a menor ideia de que todos esses lugares mencionados na Bíblia realmente existiram! Resolvi me aprofundar ainda mais ...

Escave mais agora!

1 Gênesis 11:31. Veja: Alfred Hoerth, Archaeology and the Old Testament, Baker Books, 1998, 59-72.
2 Gênesis 11:22.
3 Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 188.
4 Ibid., 192-96. Veja também: Gênesis, capítulos 7 e 8.
5 Randall Price, The Stones Cry Out: What Archaeology Reveals About the Truth of the Bible, Editora Harvest House, 1997, 92-94. Veja também: Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 119, 102.
6 Pat Zukeran, Archaeology and the Old Testament, Probe Ministries, www.probe.org/docs/arch-ot.html, 2003, 2-3. Veja também: Price, The Stones Cry Out, 82-83.
7 Hoerth, Archaeology and the Old Testament, 372-378.
8 Ibid., 233-234.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


A Bíblia é a verdade?

Arqueologia de Israel
Evangelho de João
Tradução da Bíblia
O Poder da Profecia
História de Israel
Manuscritos Bíblicos
São Lucas
Contradições Bíblicas
Antiga Mesopotâmia
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Antiga Mesopotâmia to My Google!
Add Antiga Mesopotâmia to My Yahoo!
XML Feed: Antiga Mesopotâmia
A Jornada Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutTheJourney.org, Todos os direitos reservados.